Será mesmo ?

 

O que é excesso e  o que é consumo consciente?

 

Vamos começar, confesso que estou atrasada com os posts aqui.🤭🙈

 

Oiii gente, tudo bom ??

 

Nesses meses de fevereiro e março, confesso que foi bem tranquilo, pois a ansiedade do “eu não posso ” foi substituída por  “como aprender a viver desse jeito” ou “como aproveitar isso num aprendizado” e confesso que muitas vezes eu nem pensei em compras.

 

Evitei ao máximo passeios em shoppings ou a lugares que eu sabia que a chance de comprar coisas desnecessárias seria grande. Somos muitas vezes influenciados por parentes e amigos e quando damos conta, já foi nosso rico dinheirinho.

 

É tão prazeirosa a idéia de usar tudo que temos no guarda-roupa. No meu caso confesso que isso é bemmmm difícil pois mesmo não comprando nada há dois meses, possuo muita roupa. Excelente momento para um olhar para dentro e pensar “o que eu mais uso” “o que não uso ” e aproveitar essa rica experiência para um auto conhecimento.

 

Quando vou me vestir, não sinto mais que não tenho roupa, a sensação é de que me falta tempo e lugar para usar tudo. Contudo, algumas ocasiões específicas pedem trajes específicos, como casamentos e formaturas.Vou ser madrinha esse ano e já contei o vestido como uma compra consciente. Não acredito que burlei a regra de ficar sem comprar por causa disso, é um evento especial, totalmente diferente de uma tarde de compras com amigas, na qual você sempre acaba comprando roupinhas Fast fashion que não precisa.

 

Dicas preciosas: 

 

 

Deixei de seguir alguns prefis em redes sociais que me incentivavam às compras, como lojas e algumas blogueiras.

 

 

Tire print ou faça anotações de tudo que você deseja comprar. Deixe lá guardado por um tempo determinado, pode ser uma semana, um mês, dois meses….depois você voltar lá e soma tudo que você deixou de gastar e observa se ainda quer o produto, na grande maioria das vezes você vai se surpreender com a quantidade de dinheiro economizado e isso poderá ser uma fonte de incentivo a você.

 

 

Converta esse dinheiro economizado em contas ou coisas boas que você deu destino/pode fazer a esse dinheiro. Ex: com x reais que economizei eu consigo: pagar um mês de um curso x que eu quero muito fazer, abastecer o carro, fazer compras no supermercado, Ir comer no restaurante novo que estava louca para ir. Essa lógica serve tanto para coisas menores como para as maiores como se você parcela a casa própria, por exemplo.

 

 

Vale resaltar aqui que nem tudo são compras desnecessárias. Um tênis de uso diário, uma bolsa maior para você ir direto do trabalho para a academia, não são compras supérfluas. O uso do bom senso deve prevalecer sempre.

 

 

Há  mais ou menos um ano, quando comecei a fazer exercícios físicos quase que diariamente, senti a necessidade de roupas para esse finalidade, mas nunca encontrava do jeito que eu queria e o tempo foi passando e fui me virando com daquelas que a gente adapta  rsrsrsr . Até que,  final de março, quando fui ao shopping comprar um presente para um aniversário, me deparei com um conjunto de top preto de alta sustentação e um shorts saia também preto, exatamente do jeito que eu estava procurando há mais de um ano. Confesso que não comprei de primeira, provei e fui andar no shopping para pensar se deveria levar ou não. Pensei nos prós e contras e acabei de deparando com apenas prós.

 

 

 

  • Fazia mais de um ano que estava a procura daquele tipo de roupa naquela cor.
  • A marca era de qualidade, não seria algo que com algumas lavagens já se estragaria.
  • Peça atemporal, não era modinha efêmera.
  • Quem não ama uma peça preta, me fala !?
  • saia shorts preta e top de alta sustentação, são difíceis de achar.
  • Usarei no mínimo uma vezes por semana.Garantido.

 

Então, comprei as peças. Não me senti burlando a lei por causa disso, muito pelo contrário foi uma compra consciente, como deve ser nossas compras a partir de agora. Um treino diário. Não é porque me propus a ficar seis meses sem comprar roupas e maquiagem que não  vou comprar absolutamente nada. Lógico que o intuito inicial é esse, mas às vezes é preciso fazer uma distinção entre o que é oportunidade e o que é impulso. O bom senso deve prevalecer sempre.

 

 

 

Bom meninas é isso, Vocês concordam também ? Vamos conversando porque esse tema rende muito pano para a manga. Vamos entrar no quarto mês sem compras desnecessária, como estão vocês ? E os desafios superados ? E as dificuldades?

 

Publicações relacionadas

Deixe um comentário

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.